O evento “Sexta 13 – Noite das Bruxas”, único representante do distrito de Vila Real, ficou pelo caminho no concurso nacional 7 Maravilhas da Cultura Popular, mas a autarquia fala em “presença digna” que “serviu para reforçar a imagem da marca Montalegre em todo o mundo”. 

“Sexta 13 – Noite das Bruxas” venceu a final regional na gala realizada em Montalegre no dia 14 de julho. A meia-final do concurso aconteceu no passado dia 30 de agosto, em Torres Novas, onde a participação deste evento chegou ao fim.

No programa, transmitido em direto na na RTP 1, RTP Açores e RTP Internacional, estiveram, como representantes, o promotor da candidatura (vice-presidente, David Teixeira), o Padrinho (Tiago Aldeia), e um elemento do figurante do património (Otelo Rodrigues).

“É o dia de reconhecer o esforço de quem organizou, de forma exemplar, esta nossa participação. A todos aqueles que deram a cara e acreditaram. Estamos a falar de um evento que promove a região. A ideia é ancorar um projeto de desenvolvimento e de riqueza nos empresários”, referiu David Teixeira.

O autarca não esqueceu aquele que é a maior figura deste evento: “Uma palavra ao padre Fontes que foi o grande mentor. A partir do Congresso de Medicina Popular de Vilar de Perdizes soube dar esta grandeza à ‘Sexta 13’. Também uma palavra ao Tiago Aldeia (padrinho) que passou a ser barrosão. O desafio é continuar a fazer mais e melhor. Uma palavra final aos nossos vizinhos, a toda a CIM do Alto Tâmega”.

Por sua vez, Tiago Aldeia destacou que o grande objetivo era levar a “Sexta 13” à final deste concurso, mas assegurou que este evento “vai continuar e vai continuar a melhorar e a ter mais pessoas. Fez-se aqui um excelente trabalho de promoção. A luta vai continuar e esperamos todos, com ansiedade, a próxima ‘Sexta 13’”.

De relembrar que devido à pandemia da Covid-19 a próxima “Sexta 13 – Noite das Bruxas”, com data marcada para o mês de novembro, não irá acontecer.

loading...
Share.

Deixe Comentário