Manuel Silva vai voltar a Paris para representar Portugal na OMC Hair World Cup, a maior competição mundial de cabeleireiros.

O flaviense Manuel Silva foi um dos onze cabeleireiros escolhidos para integrar a seleção nacional que vai estar a competir entre os dias 14 e 16 de setembro em Paris, na Organização Mundial de Cabeleireiros (OMC) Hair World Cup 2019. Na competição vão estar presentes 50 seleções, com três mil cabeleireiros.

Esta é a segunda vez que a bandeira portuguesa volta a estar representada no campeonato do mundo, após um interregno de oito anos. E tal como no ano passado, onde a equipa portuguesa garantiu o sétimo lugar, Manuel Silva foi convocado para o lote dos favoritos e participar nesta competição. Este ano, o flaviense, que irá competir nas categorias Clássico e Criativo, espera alcançar “pelo menos a quinta posição”.

“Este ano levamos uma equipa mais forte do que no ano passado. Estamos muito motivados e também treinámos bastante”, refere o proprietário do Salão Paris, que garantiu no início deste ano o título de campeão nacional.

Para Manuel Silva é uma honra voltar a representar Portugal, e em especial a cidade de Chaves.
“Ser escolhido para a competição é sinal que as pessoas acreditam no nosso trabalho e é também o reconhecimento dos resultados que tenho obtido tanto a nível nacional como internacional. Fico feliz por representar a minha cidade e por ser o único transmontano a participar na competição”, sublinhou.

 

O Núcleo Nacional da Arte em Cabelos (NNCA) é a estrutura responsável por escolher os melhores cabeleireiros portugueses para participar no campeonato do mundo. Depois de selecionados, os concorrentes têm ainda vários treinos por mês, alguns em Lisboa e outros na sede da NNCA, em São João da Madeira.

“Fazer parte da seleção implica fazer alguns sacrifícios, treinar muito e abdicar muito do meu tempo livre. São 12 horas de treinos por dia, sem pausas para almoço ou jantar. Temos um treinador muito exigente. Claro que vamos tentar ser campeões, mas o nosso objetivo é ficarmos nos primeiros cinco lugares”, adiantou.

Para além de Portugal, que pela primeira vez terá a concorrer uma equipa feminina, vai estar também presente a seleção de Itália, que é, para o flaviense, uma das favoritas ao título uma vez que a equipa é composta por cabeleireiros com mais de duas décadas de experiência nestas competições e com uma logística muito superior à portuguesa.

Apesar disso, Manuel Silva promete dar o seu melhor e tentar trazer o troféu para Portugal e deixar ainda mais orgulhosos os flavienses que o apoiam sempre em todos os desafios a que se propõe.

Cátia Portela

loading...
Share.

Deixe Comentário