No regresso após lesão, o atleta de Vila Pouca de Aguiar, Luís Miguel Saraiva, foi o grande vencedor da S. Silvestre de Vila Real, que decorreu no dia 29 de dezembro.

“Se vencer é sempre bom, ter vencido foi muito importante por vários motivos. Por marcar o meu regresso à competição, após lesão, por vencer uma prova pela qual eu tenho um carinho especial e onde sou sempre muito bem acolhido e por me dar um estímulo bastante grande para os próximos desafios que tenho pela frente”, destacou.

O atleta do SC Braga, Luís Saraiva, completou os dez km da corrida em 30:28 segundos, à frente de Nuno Costa, do Maia, com 30:29, e de António Silva, do Sporting, com 30:56.

Luís Saraiva destacou ainda estar “satisfeito pela vitória e pelo resultado alcançado em termos de tempo, num percurso bem durinho, pelas sensações que tive ao longo da prova. Termino assim este ano civil, da melhor forma possível”.

“Desejo a todos vocês umas excelentes entradas, e um ano de 2019, repleto de saúde, paz e alegria”, destacou ainda.

Carlos Ferreira com pódioO flaviense Carlos Ferreira, ao serviço de S. Salvador do Campo, alcançou o 3º lugar da prova em master 40 com um tempo de 34:43 segundos, fazendo ainda o 22º lugar da geral.

 

Chaves Running Team levou 11 atletas a Vila Real

O clube flaviense Chaves Running Team marcou presença na capital do distrito com 11 atletas, na prova que teve partida no Regimento de Infantaria 13 e chegada na Praça do Município

O evento teve como uma organização conjunta da Câmara Municipal de Vila Real, do Regimento de Infantaria 13, da Associação de Atletismo de Vila Real, da Fundação Inatel, da Polícia de Segurança Pública e da Junta de Freguesia de Vila Real.

O atleta João Oliveira, foi 16.º no escalão e em 68.º na geral com o tempo de 39 minutos 30 segundos, Luís Rodrigues foi 12.º no escalão e em 85.º na geral com 40 minutos 14 segundos, Norberto Costa, se classifica em 7.º no escalão e em 88.º na geral, com 40 minutos 21 segundos, Cédric Monteiro foi 34.º no escalão e em 109.º na geral, com 42 minutos, José Carreira foi 48.º no escalão e em 173.º na geral, com 45 minutos 18 segundos, Céu Costa foi 13.º no escalão e em 205.º na geral, com 46 minutos 56 segundos, Eduardo Pinto foi 34.º no escalão e em 255.º na geral, com 49 minutos 31 segundos, Frederico Bento foi 30.º no escalão e em 260.º na geral, com 49 minutos 45 segundos, Fernanda Carneiro foi 18.º no escalão e em 263.º na geral, com 49 minutos 51 segundos, Marilene Faria foi 34.º no escalão e em 370.º na geral, com 56 minutos e 12 segundos e Fátima Afonso foi 42.º no escalão e em 402.º na geral, com 58 minutos e 04 segundos.

Diogo Caldas

loading...
Share.

Deixe Comentário