Entre os dias 31 de maio e 1 de junho, realizou-se, no Jardim do Coreto, a Feira do Livro de Ribeira de Pena que visou democratizar o acesso à cultura, desde a literatura ao teatro, passando pela pintura.

Esta iniciativa teve início com a oficina de teatro e literatura “Tantos códigos, uma linguagem” orientada pelo professor Joaquim Jorge Carvalho, na Casa da Cultura-Museu da Escola. Mais tarde, as alunas de Português dos Centros de Convívio recitaram quadras da sua autoria. No serão de dia 31, as escritoras Lurdes Breda e Sofia Souto Moniz apresentaram os “Contos do Mundo”.

No dia seguinte, a par do I Encontro de Professores Aposentados foi apresentado o livro “Antologia dos Autores Transmontanos, Durienses e da Beira Transmontana” pelo presidente da Casa de Trás-os-Montes e Alto Douro, Hirondino Isaías. Posteriormente, as autoras Lurdes Breda e Sofia Souto Moniz apresentaram as “Histórias para pintar a manta”. Este evento cultural terminou com a peça de teatro “Histórias da Vermelhinha” interpretada pela companhia Filandorra – Teatro do Nordeste.

A Feira do Livro de Ribeira de Pena foi organizada pelo município com o apoio da Iberdrola. De acordo com a empresa “esta ação foi desenvolvida no âmbito da construção do Sistema Eletroprodutor do Tâmega, um projeto que está a movimentar economicamente a região, em particular, os municípios mais próximos, como é o caso de Ribeira de Pena”.

 

loading...
Share.

Deixe Comentário