A Mcoutinho apresentou no dia 27 de Janeiro, no Museu do Douro em Peso da Régua o novo Mercedes-Benz Classe CLS. Sob o mote “Sensualidade e bom senso” o lançamento deste novo modelo contou com o apoio do próprio Museu do Douro e do vinho do Porto Burmester.

Uma geração à frente. A Mercedes-Benz apresentou em 2003, uma nova categoria de veículos, combinando pela primeira vez a elegância e a dinâmica de um Coupé com o conforto e a funcionalidade de uma Limousine. O público delirou, a concorrência ficou estupefacta e assim nasceu um ícone. Durante anos o CLS subsistiu como o único Coupé de quatro portas na classe em que se insere e, desde Outubro de 2004, tornou-se na opção automóvel ideal para cerca de 170.000 Clientes espalhados pelo mundo.

Enquanto pioneiro tecnológico e ícone de design o novo CLS da Mercedes-Benz fala em igual medida ao coração e à razão. As proporções deste novo modelo mantêm-se: capot alongado, vidros mais estreitos, tejadilho dinâmico que se estende em curva até à secção traseira. Embora as proporções sejam iguais, nele tudo é diferente.

O inovador design da secção dianteira atrai imediatamente as atenções. A grelha do radiador foi moldada em separado dando, ainda, um maior realce ao alongado e desportivo capot.

Lateralmente, o novo CLS é complementado com grandes farolins traseiros de tecnologia LED, desenhados de forma a estabelecerem um elemento de ligação à traseira. O formato é acentuado pela larga linha de cintura e que apoia o tejadilho rígido.

O interior do novo CLS também se distingue pelo design intemporal que conjuga a suprema elegância com inovadores detalhes e perfeição artesanal, reflectido em detalhes como as costuras dos estofos dos bancos ou da cobertura do táblier.

Nesta fase de lançamento, o novo CLS estará disponível com uma motorização Diesel e uma a gasolina: C LS 350 CDI BlueEFFICIENCY a 82.877€ e CLS 350 BlueEFFICIENCY a 84.107€.

loading...
Share.

Deixe Comentário