Ricardo Carvalho, com ascendência na freguesia de Cerva e Limões, representou Portugal no Fjällräven Polar (Raposa do Ártico), uma expedição pelo Círculo Polar Ártico, que decorreu no mês de abril.

O arqueólogo da Câmara de Ribeira de Pena foi o vencedor da região do Mediterrâneo com 18 mil votos num concurso online internacional, que lhe deu o passaporte para esta aventura que reuniu 26 amadores de todos os pontos do planeta.

A dura viagem de 300 km, em trenó, partiu de Signaldalen (Norte da Noruega) e terminou seis dias depois em Väkkäräjärvi (Lapónia Sueca).

Apesar das condições adversas, Ricardo Carvalho mergulhou “em momentos de reflexão interior proporcionados pelo silêncio da paisagem gelada apenas interrompido pelo caminhar dos cães”, disse o jovem ribeirapenense.

Ricardo Carvalho foi recebido no salão nobre dos Paços do Concelho pelo autarca João Noronha que aproveitou a ocasião para felicitá-lo pelo feito alcançado, frisando a sua coragem e espírito aventureiro que levaram o nome de Ribeira de Pena mais além, sendo motivo de grande orgulho para todos.

 

loading...
Share.

Deixe Comentário