A Ecovia do Rabaçal foi o chamariz para que mais de uma dezena de jornalistas e blogueres, de Espanha e Portugal, viessem “experimentar e sentir” Valpaços. A Via Ferrata apaixonou os participantes.

Numa altura em que se abre uma janela de oportunidade para a afirmação turística de territórios mais tranquilos e ambientalmente mais ricos e diversificados, o município de Valpaços decidiu colocar-se no “pelotão da frente”, apostando na promoção da oferta de qualidade que possui, para conquistar o mercado interno e os turistas de proximidade.

A iniciativa, promovida pela autarquia, foi organizada pela Naturthoughts-Turismo de Natureza, Lda., empresa responsável pela dinamização da Ecovia do Rabaçal, uma via constituída por três extraordinários e distintos percursos pedestres (PR’S) que, além de proporcionarem uma experiência fantástica no contacto com a natureza, na contemplação de paisagens extraordinárias, na observação da fauna e flora e toda a biodiversidade local, permitem contacto direto com o património edificado, essencialmente o património histórico que, em muitos casos, revela a identidade deste concelho e a importância ancestral de algumas culturas na dinâmica economia e social. É o caso dos lagares rupestres, escavados nas rochas, que existem em grande quantidade e muitos em excelente estado de preservação. “Aqui se percebe a importância da cultura do Vinho, um dos produtos de excelência de Valpaços”, refere o município.

Na Casa do Vinho, o grupo deu início à viagem de descoberta do município. Um espaço de interpretação, informação e promoção que, de forma atrativa e desafiante, revela a qualidade excecional do vinho, do azeite e da castanha de Valpaços, produtos âncora, tal como o folar, o ex-libris da gastronomia local.

Os jornalistas e blogueres puderam fazer experiências muito diversificadas, desde o simples passeio para visitação do património histórico, à caminhada mais intensa, por trilhos seguros e sinalizados, que permitem sem risco e com toda a segurança, mergulhar na natureza. Tiveram ainda a oportunidade de fazer um passeio de canoa na Praia Fluvial de Rio Torto/Miradeses e tomar banhos de rio, revitalizantes e energizantes nos comuns dias de calor extremo que caracterizam toda a Terra Quente.

O grande desafio, aquele que mais esforço exigiu, mas que também proporcionou maior nível de satisfação, foi a Via Ferrata, um itinerário vertical equipado com cabos de aço, grampos (presas) e pontes suspensas que permitem a ascensão com segurança a zonas de difícil acesso a praticantes não habituados à escalada. A via Ferrata quando praticada com equipamento adequado é uma atividade completamente segura e permite a todos os amantes do turismo ativo conhecer, descobrir e explorar a riqueza natural de uma região. Este itinerário, sem dúvida, acelerou a pulsação cardíaca dos participantes, que concretizaram a experiência com um enorme sentimento de “superação dos limites físicos e mentais pessoais”, sendo unânimes na afirmação que foi “uma das melhores experiências que alguma vez realizaram em atividades de Turismo de Natureza”.

E é este sentimento de satisfação que leva estes influenciadores a recomendar Valpaços e a partilhar as suas experiências nas redes socais e nos respetivos meios de comunicação social.

Esta ação de promoção foi acompanhada pela Revista Fugas, Revista Evasões, Rádio Universidade, bloguer Manuel João Lago, blogue Amar Petiscar e Viajar, Travel & Gastronomy, Expreso Diário de Viajes e Turismo, Diário Luso Galaico, Alberto Menéndez Sánchez – Travelblogger, Alberto Ribas – Travelblogger, entre outros.

loading...
Share.

Deixe Comentário