João Carlos Rodrigues é o novo presidente da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Montalegre.

Membro desde 2018, João Carlos Rodrigues sucede a Irene Esteves que conduziu a instituição nos últimos dois mandatos e que foi responsável pela sua implementação no concelho em 2005. Candidato único, o jovem barrosão irá ocupar a liderança até 2023.

No seu discurso, João Carlos Rodrigues, até agora secretário desta comissão, deixou “uma palavra de reconhecimento e de admiração” à presidente cessante.

“Foi um privilégio para mim poder iniciar esta caminhada sob a sua presidência exemplarmente exercida, já que desde o início procurou transmitir o seu conhecimento, a sua sensibilidade para as diversas problemáticas. A Dr.ª Irene será, sempre, a maior protetora das crianças e dos jovens. Deixa, portanto, muitos ensinamentos que tentarei colocar ao serviço da comunidade e, em particular, ao serviço das crianças e dos jovens do nosso concelho”, referiu o responsável.

João Carlos Rodrigues disse ainda que a prevenção, quer ao nível da negligência parental quer ao nível do absentismo escolar, iriam ser o foco das suas ações uma vez que “são as duas maiores fontes de instauração de processos”.

Recorde-se que CPCJ de Montalegre tem no terreno várias iniciativas como é o caso do Projeto Adélia, que tem como objetivo promover a Parentalidade Positiva e a criação de um Plano de Ação Local para a Infância e Juventude.

O barrosão lembrou ainda que continua a contar com o apoio da autarquia.

loading...
Share.

Deixe Comentário