Vila Pouca de Aguiar aprovou na quinta-feira, dia 26, em reunião de câmara, a proposta para fixação da taxa geral mínima de IMI de 0,3% para os prédios urbanos e de 0,8% para os prédios rústicos.

De acordo com a autarquia, relativamente à taxa de IMI para prédio destinado a residência permanente haverá uma dedução fixa de 20€ por um dependente, 40€ por dois dependentes e de 70€ por três ou mais dependentes.

Segundo informação da Autoridade Tributária, há 681 agregados familiares que poderão beneficiar da redução da coleta do IMI. Na fixação da taxa de IRS, a Câmara de Vila Pouca de Aguiar deliberou ainda fixar a taxa de participação de 0,5% dos sujeitos passivos, respeitante ao ano corrente.

Relativamente à fixação de taxa da derrama para o ano em curso, estão isentos todos os sujeitos passivos cujo volume de negócios não ultrapassou os 150 mil euros no ano transato, sendo aplicado 1,5% aos restantes.

As propostas vão ser apresentadas na Assembleia Municipal para deliberação final.

Partilhar

Comentários | Seja educado na sua opinião