O pavilhão Expoflávia, em Chaves, foi cenário no passado fim-de-semana de uma Feira de Floricultura, um sector que pode constituir uma boa aposta de negócio em tempos de crise. Em paralelo, decorreu na passada sexta-feira um Seminário de Energias Renováveis e Alternativas, que contou com a presença do director regional adjunto de Agricultura e Pescas, António Graça. Em debate, estiveram as vantagens da aplicação do biogás à floricultura, apresentadas pela professora da Faculdade de Engenharia do Porto Marta Mota, o uso da biomassa para aquecimento das estufas, pelo engenheiro do ambiente José Almeida, e ainda o recurso à energia geotérmica como opção mais económica para edifícios, defendido pelo engenheiro da Geotermia de Portugal, José Lima.

Redacção

loading...
Share.

Deixe Comentário