A cidade de Valpaços acolheu, no fim de semana passado, dias 9 e 10, a XV edição do Medicina na Periferia. A iniciativa foi organizada pela Associação de Estudantes do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar da Universidade do Porto, com a colaboração de vários municípios.

“Medicina na Periferia” consiste na realização de rastreios à população em geral, visando sobretudo a deteção de fatores de risco cardiovascular – tensão arterial, índice de massa corporal, perímetro abdominal e cálculo do score de risco de Diabetes Mellitus tipo II – e a educação para a saúde, informou a autarquia.

Os rastreios decorreram na Junta de Freguesia de Valpaços e levados a cabo por estudantes de Medicina do ICBAS, já com introdução à prática clínica, e com preparação prévia para o efeito.

“A Medicina Preventiva e a Promoção da Saúde são pilares essenciais para uma maior qualidade de vida das populações, pelo que projetos como este revestem-se de grande valor e utilidade para os cidadãos”, refere o município.

 

loading...
Share.

Deixe Comentário