Os projetos do Agrupamento de Escolas Dr. Júlio Martins, em Chaves, e da Escola Básica de Boticas foram selecionados pelo júri da primeira edição da iniciativa Escola Amiga da Criança. 

No concurso, a escola de Boticas concorreu com o projeto “(Re)Descobrir com as Artes”. Em Chaves, o Agrupamento de Escolas Dr. Júlio Martins apresentou três propostas: “Encontro de Leitura”, destinada à família e ao envolvimento da comunidade em geral, a “Rádio RJM” e “O poder da mediação entre pares”.

A iniciativa Escola Amiga da Criança, da Confederação Nacional das Associações de Pais, da LeYa e do psicólogo Eduardo Sá, “visa distinguir escolas que concebem e concretizem ideias extraordinárias para um desenvolvimento mais feliz da criança no ambiente escolar”.

Para a segunda edição, a organização já está com inscrições abertas. Neste contexto, “até ao dia 5 de abril, direções, professores, pais e alunos de escolas podem candidatar-se” iniciativa Escola Amiga da Criança, que “reconhece, partilha e estimula projetos educativos nas seguintes categorias: Alimentação, Saúde e Ambiente; Cidadania, e/ou inclusão; Digital; Envolvimento família/comunidade; Espaços Escolares; Segurança; e Atividades extracurriculares e/ou interdisciplinares”.

O vencedor do projeto ganha cinco mil euros em livros LeYa, o projeto distinguido em cada categoria ganha 500 euros também em livros LeYa para as bibliotecas das escolas e é ainda atribuída a distinção/selo a todas as escolas cujos projetos se distingam.

As candidaturas podem ser submetidas através do site: www.leyaeducacao.com/escolaamigadacrianca/.

 

loading...
Share.

Comentarios fechados.