Leonel Videira é aluno do curso de Cozinha/Pastelaria da Escola Profissional de Chaves e esteve presente na final do concurso “7 Maravilhas Doces de Portugal – Doce Maravilha de Portugal – Escolas” que aconteceu no passado dia 7 de setembro.


Nau de Noz foi o nome dado à iguaria apresentada por este aluno, que teve como sete ingredientes, número obrigatório, produtos da região, como, por exemplo, a castanha e a água das termas de Chaves. O chef Vítor Cunha acompanhou o seu aluno até Montemor-o-Velho.

Apesar de não ter conseguido o primeiro lugar no concurso, estar entre os sete melhores do país é motivo de orgulho para o aluno e para o diretor da EPC, Jorge Paulo Santos: “Infelizmente não ganhámos, houve alguém que fez melhor que nós e que ganhou o concurso, que foi a Escola Superior de Turismo de Lamego. Mas também temos aqui de realçar que nós somos uma escola profissional, uma escola de secundário. E, portanto, constituiu para nós motivo de honra e orgulho. Para o nosso aluno e para o nosso formador foi uma experiência inesquecível. E, portanto, são exatamente estas experiências que fazem desta instituição uma instituição de referência”.

O diretor da EPC garantiu que os alunos vão continuar a mostrar ao país e ao resto do mundo o que de melhor sabem fazer.

Maura Teixeira

loading...
Share.

Deixe Comentário