As Termas de Chaves reabriram para mais uma época termal no passado dia 9 de fevereiro. Para assinalar a data, no dia anterior, sexta-feira, foi organizado um “Dia Aberto” a toda a população.

Fátima Correia Pinto, administradora executiva das Termas de Chaves.

Para este “Dia Aberto” foram disponibilizadas 160 inscrições que esgotaram com a marcação de pessoas do concelho flaviense e não só. “Tivemos também pessoas do Porto e de Guimarães que nos contactaram porque tomaram conhecimento desta iniciativa e quiseram também aproveitar para conhecer e experimentar as Termas de Chaves. Estamos muito contentes por termos tido essa resposta por parte do nosso público”, contou Fátima Correia Pinto, administradora executiva das Termas de Chaves.

Para além de uma visita guiada a todo o balneário, as pessoas que aderiram a este “Dia Aberto” tiveram ainda a oportunidade de experimentar a piscina termal.

Apesar de ter tido muita adesão, este é um evento que não pode ser realizado mais vezes durante o ano uma vez que o balneário termal está aberto todos dias, de segunda a domingo, e os clientes que procuram os serviços do mesmo pretendem ter alguma paz e silêncio, e haver um dia inteiro com visitas durante a realização de tratamentos não é viável.

“Não é fácil repetir um evento como este durante o ano porque funcionamos todos os dias e damos primazia aos nossos clientes que também gostam do seu sossego, do seu relaxamento. Por isso, temos um horário fixo diariamente para visitas, das 14h às 16h, que são horas nas quais não são feitos os tratamentos. Estes iniciam a partir das 16h por causa do período da digestão. Temos então esse horário disponível para visitas tanto de associações, de escolas, e de pessoas individualmente que têm curiosidade em conhecer as Termas de Chaves”, explicou a administradora executiva do balneário.

Para além das propriedades curativas associadas às águas termais flavienses, que brotam a 76ºC, fazendo delas as águas bicarbonatadas sódicas mais quentes da Europa, o objetivo passa por divulgar também o aspeto relacionado com o bem-estar: “Não é preciso estar doente para vir às Termas, e aquilo que nós queremos é promover saúde. Para além de programas de relaxamento, de hidratação, para fugir um bocadinho ao stress do dia a dia, temos também outros programas vocacionados para a obesidade, antitabágicos, portanto, para promover um estilo de vida mais saudável”.

As Termas de Chaves estarão abertas, nesta época termal, até ao dia 30 de dezembro.

Maura Teixeira

loading...
Share.

Deixe Comentário