Um homem e uma mulher, na casa dos 50 anos, foram mortos a tiro no concelho de Valpaços. O suspeito é o cunhado e já foi detido. Teria a intenção de matar mais um cunhado.

 A Guarda Nacional Republicana deteve o suspeito de matar, no sábado, dia 30 de maio, a tiro de caçadeira dois cunhados no concelho de Valpaços, disse à agência Lusa fonte da mesma autoridade.

O tenente Rui Bento, do Comando de Vila Real da GNR, explicou que, inicialmente, a informação que as autoridades tinham era a de que as vítimas fossem um casal (irmão e cunhada do detido), mas veio a confirmar-se que os dois mortos são cunhados do suspeito, irmãos da sua mulher.

As vítimas mortais, 54 e 55 anos, foram encontradas ao início da tarde do dia 30 de maio num terreno agrícola na localidade da Estrada da Avarenta, freguesia de Carrazedo de Montenegro, para onde tinham ido trabalhar de manhã, depois de não regressarem para o almoço.

Rui Bento acrescentou que o suspeito tinha ainda a intenção de matar mais um cunhado na localidade de Argeriz, na mesma freguesia.

O homem, de 54 anos, não resistiu à detenção e entregou-se aos militares da GNR, que apreenderam ainda uma caçadeira e uma carabina. O suspeito, que foi entregue à Polícia Judiciária, responsável pela investigação, será presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação.

Fonte da GNR acrescentou à Lusa que o alerta foi dado pelas 13h10. 

loading...
Share.

Deixe Comentário