Os depósitos minerais de quartzo e feldspato do Alto das Forcadas, no concelho de Montalegre, foram concessionados por 30 anos à empresa ROCÁVIA- Rochas de Viana, Lda.

De acordo com o contrato, publicado na terça-feira, dia 11, em Diário da República, a empresa tem no máximo seis meses para iniciar os trabalhos, devendo informar a Direção Geral de Energia e Geologia (DGEG) da realização dos mesmos com a antecedência de 30 dias.

O quartzo e o feldspato são utilizados sobretudo nas indústrias da eletrónica, fibra ótica, vidro e cerâmica.

O contrato de exploração destes minerais foi celebrado no dia 28 de junho deste ano e publicado na terça-feira, em Diário da República.

A concessionária ROCÁVIA – Rochas de Viana, Lda. terá de pagar uma caução de 10 mil euros e à DGEG mil euros anuais, “independentemente da exploração, a que acresce uma percentagem de três por cento sobre o valor à boca da mina dos produtos mineiros ou concentrados expedidos ou utilizados”.

 

loading...
Share.

Deixe Comentário