Depois de na semana anterior ter assegurado o título de Elite, o piloto flaviense Hugo Santos conquistou este fim-de-semana o campeonato de MX1, regressando em grande aos títulos.

Hugo-SantosNa derradeira jornada do Campeonato Nacional de Motocross o flaviense Hugo Santos voltou a dominar o fim-de-semana, tendo terminado a época em grande. O transmontano deu à KTM dois títulos nunca antes ganhos em Portugal.

No Crossódromo do Gica, em Águeda, na final Elite Hugo Basaúla ainda esteve na liderança da segunda até à quarta volta, mas depois foi superado por Hugo Santos, e na sétima passagem igualmente por Sandro Peixe, vencedor da geral MX2. Ao longo da corrida Santos foi progressivamente dilatando a vantagem, para terminar com 26,2s sobre Peixe e 39,8s relativamente a Basaúla. Na penúltima volta, Pedro Carvalho desalojou Nélson Silva do 4.º lugar.

A manga de MX1 começou com Hugo Basaúla instalado no comando durante duas voltas, mas a seguir sofreu uma queda e atrasou-se, acabando a prova apenas no 4.º lugar. Assim, Hugo Santos herdou a liderança e fugiu ao pelotão, numa cavalgada solitária até ao triunfo. Também à terceira volta Daniel Pinto e João Vivas fixaram-se em definitivo nos 2.º e 3.º lugares, respectivamente.

De volta aos triunfos

Hugo Santos é um dos mais bem sucedidos pilotos nacionais, mas desde 2007 que não obtinha qualquer título no Motocross. Ao todo, o transmontano tem agora 23 coroas no palmarés (15 no Motocross e 8 em Supercross), pelo que só precisa de mais uma para igualar o recordista nos anais da FMP, Paulo Gonçalves, no conjunto de todas as modalidades.

“Não podíamos ter terminado a temporada da melhor forma, dois títulos nas categorias principais do Motocross nacional e ainda duas importantes marcas nunca antes alcançadas no palmarés da KTM em Portugal. Estou extremamente satisfeito e lisonjeado pela aposta de última hora e confiança que depositaram em mim numa altura em que até pensava não competir. Quero deixar um especial agradecimento a todos os meus patrocinadores, em especial à Batquipa KTM MX Surf Racing pelo trabalho e dedicação com que me levaram aos títulos e ainda a todos aqueles que acreditaram e foram uma força imprescindível”, comentou o piloto flavienses.

Depois das conquistas no Motocross nacional, Hugo Santos prepara agora o ataque ao Campeonato Nacional de Supercross com início na noite de 13 de Julho em Oliveira de Santa Maria.

Redacção

 

loading...
Share.

Deixe Comentário