Em pouco mais de uma semana o concelho de Chaves já soma 12 cidadãos em fase ativa da doença. 

Chaves é, novamente, o concelho do Alto Tâmega mais afetado pela Covid.19. A Unidade de Saúde Pública do ACES do Alto Tâmega e Barroso, que há uns meses vinha partilhando apenas um boletim epidemiológico por semana, como forma de balanço, tem agora partilhado quase todos os dias um boletim extraordinário a dar conta do aparecimento de novos casos, a grande maioria deles no concelho flaviense. 

Dos restantes concelhos do Alto Tâmega, apenas Valpaços regista também casos ativos, sendo, até à manhã desta segunda-feira, dia 31 de agosto, apenas um. 

Assim, e desde o passado dia 9 de março, data em que começou a ser feita a contabilização dos casos na região, já se registaram 55 casos confirmados: zero em Boticas, 34 em Chaves, dois em Montalegre, quatro em Ribeira de Pena, seis em Valpaços e nove em Vila Pouca de Aguiar. Destes, 13 encontram-se neste momento infetados, 40 recuperados e há a lamentar dois óbitos. 

Ainda nesta segunda-feira, encontram-se a aguardar resultado laboratorial 24 casos suspeitos: dois em Boticas, nove em Chaves, três em Montalegre, dois em Ribeira de Pena, cinco em Valpaços e três em Vila Pouca de Aguiar. 

Estão ainda em vigilância ativa pelas autoridades de saúde 26 contactos de casos confirmados: 25 em Chaves e um em Valpaços. 

loading...
Share.

Deixe Comentário