Num encontro com a comunicação social local, o Presidente da Câmara de Chaves apelou ontem aos flavienses a adoção de uma atitude responsável e comprometida com o bem de todos. Nuno Vaz pede a todos para olharem para esta situação com alguma tranquilidade, mas com muita responsabilidade.

O autarca dirigiu-se à população local através dos órgãos de comunicação, na sequência do conjunto de medidas preventivas determinadas no Município, na passada quarta-feira, que visam atenuar o risco de contágio, no âmbito da emergência de saúde pública mundial da infeção de Coronavírus (COVID-19).

Para Nuno Vaz, todas as decisões tomadas, quer de âmbito nacional, quer de âmbito local, só terão eficácia efetiva se forem acompanhadas de decisões individuais de responsabilidade social, que possam diminuir o risco para a comunidade. “É importante que cada um dos flavienses possa incrementar não só as práticas de higienização, mas também evitar deslocações para locais com concentração significativa de pessoas, medindo sempre as suas necessidades prementes”, salientou o autarca, apelando a uma vida mais recatada.

A Câmara Municipal de Chaves encontra-se em constante articulação com as autoridades de saúde – nacionais, regionais e locais – no sentido de acompanhar toda a situação.

As medidas preventivas implementadas no Município, com efeitos imediatos e por tempo indeterminado:

– Ativação do Plano de Contingência municipal;

– Adiamento de todas as iniciativas/eventos municipais;

– Encerramento de equipamentos municipais (Pavilhão Desportivo Municipal; Piscina Municipal; Pavilhão Expoflávia; Biblioteca Municipal; Auditório do Centro Cultural de Chaves, Auditório Luiz Coutinho);

– Suspensão da Feira Semanal;

– Recomendar às Freguesias e ao movimento associativo que suspendam/adiem a realização de eventos e/ou iniciativas que envolvam concentração de pessoas.

loading...
Share.

Deixe Comentário