O concelho de Boticas recebeu, nos passados dias 16 e 17 de novembro, a visita de uma comitiva chinesa, proveniente da província de Gansu, no âmbito da recente classificação da região do Barroso como Património Agrícola Mundial, pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura.

Segundo a autarquia, a delegação chinesa, recebida nos Paços do Concelho pelo vice-presidente da Câmara de Boticas, Guilherme Pires, visitou o vasto património agrícola e natural existente em Boticas, nomeadamente a aldeia preservada de Vilarinho Seco, lugar onde as práticas agrícolas tradicionais e o comunitarismo ainda são uma realidade, e o Boticas Parque – Natureza e Biodiversidade.

A presença da comitiva chinesa em terras de Barroso permitiu ainda visitar a Loja Rural dos Produtos de Montanha e produtores de fumeiro.

Este encontro teve como objetivo “o intercâmbio de conhecimentos entre as entidades e parceiros representativos das duas regiões classificadas como Património Agrícola Mundial, em abril de 2018”, explica a Câmara de Boticas.

 

loading...
Share.

Deixe Comentário