Saúde, apoio aos idosos e educação têm sido áreas de atuação da Freguesia de S. Pedro de Agostém durante os tempos de pandemia. Festa da Nossa Senhora da Saúde terá duas missas campais este fim-de-semana.

Pedro Barroco

Com o confinamento a afetar toda a população em março, a Freguesia de S. Pedro de Agostém tratou de colocar os contactos à disposição para quem precisasse de ajuda, o que resultou.

“Mal pusemos o aviso, tivemos 25 pessoas a pedir ajuda e tratámos de as ajudar”, conta Pedro Barroco.
O presidente da junta explica que os pedidos de medicamentos e bens alimentares de primeira necessidade foram os principais nos tempos iniciais.

Pedro Barroco destaca ainda a colaboração dos mais novos para com os mais velhos, que nas diversas aldeias permitiu manter toda a gente ligada e protegida.

Já em fase de desconfinamento a junta de S. Pedro de Agostém vai apostar na desinfeção junto a locais públicos das várias localidades, sejam igrejas, cemitérios ou minimercados.

Com a oferta de máscaras pelo grupo ‘Ajuda Hospital de Chaves e Hospital Santa Maria’ para um terço da população, a junta fez uma encomenda para atingir toda a população e já começou a distribuição das mesmas.
“Vamos ter máscaras para toda a gente, são 11 aldeias e vamos colocar nas caixas de correio a quem não conseguirmos entregar em mão. São máscaras laváveis e cirúrgicas”, acrescentou.

Apoio à educação

Com o final do segundo período, a junta de S. Pedro de Agostém apoiou as escolas nas entregas das notas, mas com o ensino à distância a freguesia teve mais responsabilidade com a impressão de trabalhos na sede da junta e a entrega em casa.

Pedro Barroco alertou ainda para as carências a nível de cobertura de internet, que com velocidade baixa dificulta o trabalho para quem está em casa.

“Claro que temos uma população muito idosa, mas temos ainda 40/50 estudantes do ensino superior, e a utilização em termos de internet é grande e como eles estão em casa a velocidade diminui”, explicou.

Celebração da Nossa Senhora da Saúde com duas missas campais

Uma das celebrações religiosas mais importantes no concelho, a Nossa Senhora da Saúde, realiza-se já no próximo fim de semana.

No domingo à noite e na segunda-feira de manhã, haverá missas campais, mantendo a realização das missas normais da festa, explicou o presidente da junta.

Com as regras de confinamento, a Junta de Freguesia, comissão de festas e o pároco querem proporcionar de forma segura para que todos possam assistir.

“Há muita gente virada para essa fé, que é uma romaria, e vamos ter que tomar algumas cautelas, pois vai haver gente a querer ir e temos de controlar a ida de pessoas”, vincou

O presidente da junta lembra ainda que é preciso cautela para as pessoas que mantenham a intenção de fazer a peregrinação, para não acontecerem aglomerados de população.

Não só a festa religiosa estava prevista para S. Pedro de Agostém, mas também as caminhadas, viagens de grupo e o dia do idoso a serem afetadas devido à covid-19 e a serem adiadas, à espera de “melhores dias”.

*Foto de São Pedro de Agostém de Fernando DC Ribeiro, Blog Chaves

loading...
Share.

Deixe Comentário