A EB Vidago (Agrupamento de Escolas Fernão de Magalhães) convidou a comunidade educativa para a apresentação do Projeto VidaGO, cuja cerimónia decorreu no passado dia 5 de junho no Balneário Pedagógico de Vidago.

Trata-se de um projeto artístico e de carácter disciplinar / multidisciplinar. O grande mentor e responsável foi o professor de Educação Visual, o professor Nuno Florêncio, que lançou a todos os alunos, no âmbito dos conteúdos da sua disciplina, o desafio de pintarem o seu autorretrato.

A partir desta proposta nasceu a ideia do projeto. Os trabalhos individuais rapidamente deixaram de ser um projeto individual, dado o esmero para que todos fizessem um trabalho exemplar e de perfeição. Surgiu então a ideia da exposição na vila.

O projeto VidaGO parte também do conhecimento sobre Fernão de Magalhães e parte de todos os alunos do 5º até ao 9º ano. Eles são o presente e será com eles que o futuro será construído. Usa-se a palavra Vidago, Vida + GO, num jogo de palavras em que a Vida destas terras e gentes dependerá destas crianças e jovens serem empreendedoras, ativas, conhecedoras, interventivas, tal como foi Fernão de Magalhães no seu tempo. E Go, lema de futuro, terra e gentes com futuro, que são estes jovens.

No dia 5, professores e alunos rumaram ao Balneário Pedagógico de Vidago para uma inauguração intimista da exposição que estará patente neste espaço durante os meses de verão. Já no final do dia, estiveram presentes diversos convidados. Agradecemos desde logo a presença de muitos pais e encarregados de educação, que vieram admirar as obras primas de filhos, sobrinhos, afilhados, netos, amigos.

Na cerimónia de inauguração o professor Nuno Florêncio recebeu das mãos do diretor do Agrupamento, Fernando Félix, uma medalha do agrupamento.

A cerimónia foi abrilhantada por atuações preparadas pelos professores de Educação Musical e de EMRC.
Agradecemos a presença do presidente da Câmara Municipal de Chaves, presidentes de Juntas de Freguesia, do presidente e do Comandante dos Bombeiros Voluntários de Vidago, do representante do posto da GNR de Vidago, da Casa da Cultura de Vidago, Vidago Futebol Clube e demais população presente.

Agradecemos ainda aos alunos da escola sede que também participaram na cerimónia, particularmente, à aluna Sara Pinto que interpretou de forma brilhante a “Canção do Mar” de Dulce Pontes.

A culminar o programa, a brilhante atuação do quarteto de Metais da Academia de Artes de Chaves que agradecemos ao Maestro Luciano Pereira, antigo aluno da EB Vidago.

Do Balneário Pedagógico de Vidago, seguimos para o grande Hotel de Vidago, no centro da vila, onde inaugurámos painéis com pinturas de figuras da cultura portuguesa e de Vidago.

Agradecemos também a todas as instituições locais que colaboraram com a Escola Básica de Vidago e tornaram possível a realização desta forma tão bem sucedida deste evento.

Realce ainda, como parte não menos importante do Projeto VidaGO, para conferências, a realizar no Balneário Pedagógico de Vidago, abertas à população: dia 18 de junho com o tema “Viagen(s), Encontro(s) e Desencontro(s), pelo Prof. Doutor Joaquim Escola, da UTAD, e dia 25 de junho com o tema “Entre o Gerês e os Himalaias”, por António Coelho, alpinista profissional.

Merece uma menção ainda o facto de o Projeto VidaGO ter sido apresentado pela Professora Helena Ribeiro, do CFAE do Alto Tâmega e Barroso, como exemplo de práticas pedagógicas, nos domínios da articulação curricular, no Encontro Nacional de Autonomia e Flexibilidade Curricular, no passado dia 4 de junho, na Figueira da Foz, também, com feedback muito positivo.

Paulo Lage

loading...
Share.

Deixe Comentário