O município de Chaves realizou, no passado dia 30 de novembro, na Biblioteca Municipal, diversas atividades direcionadas aos alunos do 1º ciclo no âmbito da quarta edição da comemoração do Dia Internacional da Cidade Educadora, de forma a promover a auscultação pública, sob o mote “Escutar a Cidade para a Transformar”.

Na sessão de abertura esteve presente Francisco Melo, vice-presidente da autarquia flaviense, que destacou a importância de Chaves integrar o projeto das Cidades Educadoras.
Francisco Melo acrescentou ainda que “esta iniciativa pretende incentivar os flavienses de todas as idades a assumir compromissos que possam contribuir para o desenvolvimento de uma cidade sustentável, onde todos se responsabilizem por um futuro saudável. Chaves associou-se a muitas cidades de todo o mundo que assumem a Educação como eixo transversal das políticas municipais, desde o Ambiente, à Saúde, passando pelo Urbanismo, Desporto, Mobilidade e Cultura.”
O programa de atividades contemplou a interpretação do Hino das Cidades pelo Coro Infanto-Juvenil do Agrupamento de Escolas Dr. Júlio Martins e a leitura da Declaração do Dia Internacional da Cidade Educadora. Foi também dada a oportunidade a 18 alunos do 4º ano, de escolas públicas e privadas do concelho, de apresentarem os seus textos de reflexão sobre o que gostariam de ver transformado na cidade de Chaves.
A manhã contou com muita animação e várias atividades, desde oficinas de fantoches de luvas, mimos, jogos de memória, havendo espaço para dar asas à imaginação dos mais pequenos para desenhar e pintar em telas preocupações sobre o tema das alterações climáticas.
A nível nacional, foram mais de 130 as cidades a celebrar este dia com atividades direcionadas a alunos para garantir o compromisso de políticas públicas com a educação e escuta dos cidadãos.
Este é um projeto dinamizado pelas Equipas do Plano Integrado Inovador de Combate ao Insucesso Escolar PIICIE e Financiado pelo: Norte 2020, Portugal 2020, União Europeia – Fundo Social Europeu.

 

loading...
Share.

Deixe Comentário