No passado sábado, dia 26 de maio, Nuno Vaz, presidente da Câmara Municipal de Chaves, reuniu com a população de Vidago a fim de fazer um ponto de situação sobre o Balneário Pedagógico de Vidago.

Foi de modo informal que o autarca flaviense contextualizou os presentes acerca dos vários constrangimentos que têm havido com a qualidade da água mineral natural, facto que, segundo o município de Chaves, “tem inviabilizado a realização dos tratamentos com água mineral natural naquele Balneário”.
Uma vez que até ao final do próximo mês de julho está a decorrer, a cargo da Unicer, uma revisão de todo o sistema de desferrização, armazenamento e adução da água mineral natural, por enquanto o balneário de Vidago irá disponibilizar técnicas termais complementares (Medicina Física e Reabilitação) nas quais se incluem as técnicas hidroterápicas, isto é, com água da rede pública.
A ação contou com a presença de Pedro Cantista, diretor clínico do Balneário, de Fátima Pinto, vogal do Conselho de Administração da Empresa Municipal, e de Rui Branco, presidente da União de Juntas de Freguesia de Vidago.

loading...
Share.

Deixe Comentário