A vila de Montalegre foi a meta para os cerca de 300 participantes no III Transcávado BTT-GPS. Os atletas percorreram 150 km num percurso que ligou a foz do rio Cávado, em Esposende, à nascente, no território barrosão.

O percurso incluiu duas etapas: a versão Transcávado Slow Race, ligando Esposende a Terras de Bouro e Terras de Bouro a Montalegre, e a Transcávado Race, numa só etapa.

David Teixeira, vice-presidente da Câmara de Montalegre, marcou presença no evento onde fez questão de elogiar a iniciativa.

“Temos duas grandes vias que ligam o litoral à montanha: o rio Cávado e a Estrada Nacional 103. No caso da estrada, ainda não conseguimos desenvolver nenhuma atividade que fizesse essa ligação. Mas, em boa hora, fizemos esta parceria com Esposende. Os meus parabéns aos técnicos dos dois municípios que souberam desenhar um evento que satisfaz os praticantes nesta prova de BTT”, disse o responsável.

Para o dirigente este tipo de provas “trazem um grande reconhecimento ao território”, uma região, que na sua opinião, tem uma “natureza sem fim e qualidade gastronómica”.

Em Esposende, também o presidente da empresa organizadora, Esposende 2000, felicitou a realização da terceira edição do evento desportivo e realçou “o trabalho de todos os municípios, destacando o de Montalegre, pela excelente receção, apoio e colaboração sempre com um acolhimento fora de série”.

 

loading...
Share.

Deixe Comentário