O Comando Territorial de Vila Real, através do Núcleo de Investigação Criminal de Chaves, identificou no passado dia 6 de março um homem de 32 anos e uma mulher de 26 anos, na cidade flaviense, pelo crime de furto em interior de residência.

A investigação decorreu durante dois meses e foi desenvolvida na sequência de dois furtos que ocorreram nos meses de janeiro e fevereiro em Valpaços, nos quais o homem suspeito tinha como modus operandi vigiar e verificar o local onde os proprietários escondiam as chaves no exterior das casas. Enquanto era o homem que assaltava estas casas, a mulher ficava encarregue de vender o material furtado.

De acordo com o comunicado enviado pela GNR à comunicação social, foi cumprido um mandado de busca domiciliária à residência do casal, em Chaves, que resultou na apreensão de um sofá, um camiseiro, um espelho e seis doses de haxixe.

Os dois suspeitos foram constituídos arguidos e sujeitos à medida de coação de termo de identidade e residência, tendo os factos sido remetidos ao Tribunal Judicial de Valpaços.

loading...
Share.

Deixe Comentário