O piloto de Vidago, Rui Gonçalves, terminou o Campeonato do Mundo de Motocross no 11.º lugar da classe MXGP, apenas a 9 pontos do adversário que fechou o “top 10”. A derradeira jornada aconteceu no México, onde o piloto português teve desempenho positivo.
111Aos 29 anos de idade, Rui Gonçalves completou assim a sua décima terceira temporada consecutiva no “Mundial” de Motocross, e a quinta consecutiva na classe principal.
Em León, no México, o transmontano obteve o 11.º lugar na primeira manga, posição à qual ascendeu logo à quinta volta. Na segunda manga, também na quinta volta se instalou no 9.º posto em que terminaria, mas sem conseguir os pontos suficientes para entrar no “top 10” do Campeonato – há uma semana, o abandono na segunda manga brasileira devido a problema mecânico, foi determinante para não atingir esse objectivo.
Agora, Rui Gonçalves tem como próximo compromisso o Motocross das Nações, dentro de quinze dias, onde será o “ponta de lança” da selecção portuguesa na Letónia.
Campeonato: 1.º Antonio Cairoli (KTM) 747 pontos; 2.º Jeremy Van Horebeek (Yamaha) 628; 3.º Kevin Strijbos (Suzuki) 572; 4.º Clement Desalle (Suzuki) 486; 5.º Steven Frossard (Kawasaki) 419; 6.º Maximilian Nagl (Honda) 400; … 11.º Rui Gonçalves (Yamaha) 266; etc.

loading...
Share.

Deixe Comentário