No passado dia 21 de maio, a Câmara Municipal de Boticas entregou o primeiro lote de máscaras reutilizáveis de uso social, comummente conhecidas por máscaras comunitárias, às juntas de freguesia para serem distribuídas por toda a população do concelho.

 

 

“Esta medida de apoio vai garantir alguma proteção à nossa população nesta fase de desconfinamento. No entanto, torna-se fundamental que, além do uso de máscara, as pessoas continuem a respeitar o distanciamento físico, evitar ajuntamentos e, também, deslocações desnecessárias, pois só assim será possível combater a propagação do vírus”, referiu Fernando Queiroga, presidente da Câmara Municipal de Boticas.

Uma vez que existe uma grande procura deste tipo de material de proteção, a autarquia conta com o apoio das juntas de freguesia para fazer chegar uma a cada cidadão do concelho.

O edil referiu ainda que “a autarquia continuará a trabalhar no sentido de garantir a segurança e proteção dos munícipes, bem como minimizar os efeitos da pandemia de Covid-19 no nosso concelho que, felizmente, ainda não teve nenhum caso confirmado da doença”.

As máscaras em questão foram adquiridas pela Comunidade Intermunicipal do Alto Tâmega (CIMAT), são de nível três de proteção e certificadas pelo CITEVE – Centro Tecnológico Têxtil e Vestuário.

De acordo com nota publicada no site da autarquia de Boticas, esta reunião com os presidentes de junta serviu ainda para Fernando Queiroga “fazer um balanço relativamente ao momento que enfrentamos, pedindo a todos cuidados redobrados na transmissão de informação e apoio à população, sensibilizando-a para os cuidados a ter para evitar a propagação da Covid-19”.

loading...
Share.

Deixe Comentário