Elementos do Grupo de Espeleologia e Montanhismo (GEM) visitaram, a 28 de agosto, o concelho de Boticas, com o objetivo de explorar algumas das várias cavidades artificiais, como minas e poços, localizadas no Parque Arqueológico do Vale do Terva (PAVT).

O périplo, que teve início junto ao Centro de Interpretação do Parque Arqueológico do Vale do Terva (CI-PAVT), em Bobadela, foi acompanhado pelo professor Luís Fontes, da Unidade de Arqueologia da Universidade do Minho (UM) e permitiu visitar as Minas do Limarinho e do Poço das Freitas, o Castro de Sapelos, entre outros.

“Os espeleólogos realizaram trabalhos de prospeção e ficaram a conhecer um pouco mais o vasto património arqueológico e natural existente no PAVT”, explicou a autarquia.

loading...
Share.

Deixe Comentário