A Câmara Municipal de Boticas emitiu um comunicado, na segunda-feira, dia 30 de março, na sua página de facebook de forma a garantir à população não existir, “até à data, nenhum caso registado no concelho”.

Este comunicado foi lançado na sequência da propagação de notícias falaciosas sobre a existência de casos confirmados de infeção pelo novo Coronavírus no concelho botiquense.

“Nos últimos dias tem surgido muita informação falsa que apenas serve para semear o pânico e o medo, que é algo que todos devemos combater”, pode ler-se.

O jornal A Voz de Chaves entrou em contacto com Fernando Queiroga, presidente da Câmara Municipal de Boticas, que garantiu que a autarquia está a ter uma atitude transparente para com a população do concelho: “Não há muito tempo andaram a dizer que tínhamos dois casos, depois começaram a dizer que já tínhamos sete. Naturalmente que isto cria algum alarido e insegurança na população. E eu não quero que se veicule essa informação. A informação correta é a que vem do ACES, que é fidedigna, verdadeira, transparente, e é por isso que a estamos a partilhar diariamente na nossa página de facebook”. Neste boletim epidemiológico é possível consultar o número de casos confirmados, os suspeitos e os que estão em vigilância ativa nos seis concelhos que compõem a região do Alto Tâmega.

O presidente da autarquia botiquense reforçou ainda a ideia de que a melhor prevenção é ficar em casa o maior tempo possível, saindo apenas para adquirir bens essenciais ou caso a atividade profissional a isso exija, evitando ao máximo o contacto social.

Pavilhão multiusos de Boticas está equipado com 45 camas

A autarquia de Boticas tem tomado várias medidas de forma a prevenir a pandemia no concelho. No entanto, é preciso criar algumas soluções na hipótese de o vírus se propagar na região. Uma dessas soluções foi a instalação de 45 camas no Pavilhão Multiusos da vila.

“Não estamos a colocar tudo o que temos feito, mas temos feito algumas coisas. Algumas na retaguarda, naturalmente, porque não quero criar muitos alarmismos. Tudo aquilo que temos veiculado para a comunicação social é para que as pessoas percebam a gravidade da situação. Como este equipamento de retaguarda que colocámos, e fizemos a divulgação alguns dias depois de já estar pronto. Ficámos a pensar se havíamos de o divulgar ou não porque choca as pessoas, e eu percebo isso. Mas é também uma forma de sensibilizar e para que as pessoas interiorizem a gravidade da situação”, destacou Fernando Queiroga.

Este espaço poderá ser, de acordo com a autarquia, “em caso de carência, reforçado com mais camas, caso a situação assim o exija, tendo sido também criada uma área de isolamento, que poderá ser utilizada em caso de doentes infetados com o novo coronavírus, bem como um outro espaço que poderá servir de dormitório para funcionários e/ou profissionais de saúde”.

O Pavilhão Multiusos poderá ainda ser utilizado na situação de ser necessário evacuar alguma das valências da Santa Casa da Misericórdia de Boticas, acautelando assim ao máximo a saúde e o bem-estar dos seus utentes.

Se for do concelho de Boticas e necessitar de ajuda poderá contactar a Câmara Municipal através do 276 410 200, os Bombeiros Voluntários de Boticas através do 276 415 291, ou a sua Junta de Freguesia.

Maura Teixeira

loading...
Share.

Deixe Comentário