Ao longo do último mês, a Câmara Municipal de Chaves tem vindo a adotar um conjunto de “medidas excecionais e temporárias” para combater a pandemia de Covid-19 junto da população. Teste às Forças de Segurança, Bombeiros e Profissionais dos Lares na lista de prioridades da autarquia flaviense. 

Para além da distribuição de equipamentos de proteção individual e da realização de procedimentos periódicos de desinfeções de praças e arruamentos, o município flaviense, “em articulação com instituições públicas e privadas, tem feito um esforço crescente para aumentar a capacidade de testagem e velocidade de rastreio à COVID-19 no concelho, estabelecendo como prioridade a testagem às forças de segurança, bombeiros e profissionais dos lares e respetivos utentes”, lê-se em comunicado enviado esta terça-feira à comunicação social. 

O mais recente Centro de Diagnóstico, numa nova parceria entre a autarquia, o Agrupamento de Centros de Saúde do Alto Tâmega e Barroso e o Instituto Politécnico de Bragança, permitiu aumentar a capacidade e velocidade da testagem, “concretizando a realização de 100 testes diários para rastreio de COVID-19 nas Estruturas Residenciais para Idosos (ERPI) do concelho. Até à data, já foram rastreados mais de 750 cidadãos.  

Ao Centro de Rastreio Covid-19 Germano Sousa criado, durante o mês de abril, no âmbito da parceria estabelecida entre a Comunidade Intermunicipal do Alto Tâmega e o Laboratório Germano de Sousa, veio juntar-se o Camião da Esperança da TVI, que permitiu testar mais de 990 pessoas devidamente encaminhadas pelos respetivos serviços de saúde.

loading...
Share.

Deixe Comentário