Valdegas, no concelho de Boticas, foi a localidade escolhida para a apresentação do “Triturador Florestal”, adquirido recentemente pela empresa Anteros, e que será “um forte aliado na prevenção e combate de incêndios, bem como na conservação e manutenção da floresta”.

ianta que o novo equipamento foi adquirido na semana em que a mesma “completou 41 anos de atividade na região”. A aquisição acontece no âmbito da expansão da empresa de construção na área da silvicultura. Neste contexto, a Anteros afirma que foi criada, há dois anos, a Unidade de Negócio – Engenharia e Silvicultura.

“Quem assistiu [a apresentação]teve oportunidade de verificar a eficácia de trabalho deste equipamento de lagartas, com uma capacidade de limpeza média de 5 hectares por dia, ou seja, o equivalente a cinco campos de futebol. Triturando literalmente todos os materiais lenhosos e arbustivos, à sua passagem, faz ainda a incorporação destes no solo”, sublinha a empresa.

Segundo Manuela Barros, coordenadora adjunta da Unidade de Engenharia e Silvicultura, “esta é uma vantagem em relação a outros equipamentos, já que os materiais incorporados fertilizam o próprio solo, além de se reduzir a carga combustível, ou seja, o risco de incêndio”.

Este equipamento vai prestar serviço a entidades públicas e privadas, na limpeza e manutenção de áreas florestais.

João Sousa, responsável pela área da Engenharia e Silvicultura da Anteros, referiu a “importância do ‘Triturador Florestal’ na criação eficaz de faixas de descontinuidade ou até a possibilidade da sua utilização no combate, em tempo real, a incêndios, já que permite abrir rapidamente faixas de contenção ou os chamados corta-fogos”.
Na apresentação desta nova máquina estiveram presentes representantes dos órgãos de Proteção Civil, do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, dos municípios, entre outros agentes ligados a este setor tão importante para o país em geral, e para a região, em particular.

loading...
Share.

Deixe Comentário