O estado de emergência foi decretado a 18 de março e desde essa altura que apenas lojas de venda de bens essenciais é que têm autorização para estarem abertas. Muitas vezes as pessoas optam pelas grandes superfícies por desconhecerem que os espaços do comércio tradicional continuam de portas abertas.

Vítor Pimentel, presidente da Associação Empresarial do Alto Tâmega (ACISAT), criou um grupo na rede social de Facebook com o nome “Chaves em casa – COVID-19” onde são disponibilizadas informações sobre os comerciantes que continuam abertos e outros dados gerais sobre a pandemia do Covid-19.

“Restaurantes, pastelarias ou mesmo quem presta serviços ao domicílio ou de take away podem utilizar este espaço para colocar a sua publicidade, dando assim o seu contributo para melhor esclarecer a população”, referiu ao jornal A Voz de Chaves Vítor Pimentel.

Desta forma, é mais fácil saber que espaços estão a trabalhar e o seu horário.

O dirigente da ACISAT mostra-se preocupado com a atual conjuntura provocada pela Covid-19 e lembra que infelizmente tão cedo esta situação não irá melhorar e por isso é importante sensibilizar sobretudo os restaurantes que estão fechados e que ainda não adotaram o sistema de take away.

No site oficial da ACISAT existe uma área dedicada ao Covid-19 onde os comerciantes podem encontrar toda a legislação e o apoio que as empresas podem ter.

O responsável pela administração do grupo “Chaves em casa – COVID-19” adiantou que “a ideia será evoluir a página para uma futura plataforma online que possa ser consultada por todos e onde possam ser articuladas encomendas e entregas ao domicílio”.

Não se esqueça que as saídas de casa são apenas para comprar o que lhe faz falta, passear animais de estimação ou realizar pequenos passeios próximos da sua habitação.

Cátia Portela

loading...
Share.

Deixe Comentário