O Observador Cetelem analisou o grau de preocupação dos portugueses com questões ambientais, no âmbito do Dia Mundial do Ambiente comemorado a 5 de junho. Apesar da situação provocada pela pandemia, portugueses mantêm preocupações ambientais.

Segundo os dados analisados, 76% dos portugueses estão preocupados com o ambiente e com as alterações climáticas. Estes dados mostram que, apesar do contexto de saúde pública e económico, os portugueses continuam preocupados com o tema. Uma preocupação transversal a todas as idades e regiões do país, revela o inquérito promovido pelo Observador Cetelem.

Face à crise sanitária e a uma provável crise económica, 74% dos inquiridos consideram que a preocupação da sociedade com as alterações climáticas se irá manter, enquanto 23% assumem que pode mesmo aumentar. Resultados semelhantes são os das preocupações individuais: 78% continuam preocupados com estes temas e 20% dizem estar mais apreensivos do que no passado.

Para a maioria dos inquiridos, esta preocupação traduz-se principalmente pelo impacto que os problemas ambientais terão nas próximas gerações (50%), ainda que 27% estejam preocupados de igual forma com o impacto no presente e no futuro (27%). 20% estão mais preocupados com o presente e o impacto a curto prazo na sua vida (20%).

O inquérito foi realizado pela empresa de estudos de mercado Nielsen e teve por base uma amostra representativa de mil indivíduos residentes em Portugal Continental, de ambos os sexos, com idades compreendidas entre os 18 e os 74 anos. A amostra conta com um erro máximo associado de +/- 3.1 pontos percentuais para um intervalo de confiança de 95%. As entrevistas foram realizadas telefonicamente. O trabalho de campo foi realizado entre 20 de maio e 1 de junho.

Criado pela Assembleia Geral das Nações Unidas, em 1972, o Dia Mundial do Ambiente pretende assinalar ações positivas de proteção e preservação do ambiente e alertar as populações e os governos para a necessidade de preservar o meio ambiente.

loading...
Share.

Deixe Comentário