O município de Boticas vai aderir, no próximo dia 30 de março, entre as 20h30 e as 21h30, à iniciativa global ambiental “Hora do Planeta”, desligando as luzes dos edifícios e monumentos públicos, como forma de alerta para as alterações climáticas e o desperdício energético.

A autarquia botiquense vai desligar, durante uma hora, a iluminação do edifício dos Paços do Concelho, Centro de Artes Nadir Afonso, Biblioteca Municipal, Repositório do Vinho dos Mortos, Centro de Interpretação do Parque Arqueológico do Vale do Terva (CI-PAVT), Museu Rural de Boticas – Pólo do Ecomuseu de Barroso, Piscinas Municipais e Centro Europeu de Documentação e Interpretação da Escultura Castreja (CEDIEC).

Também os munícipes, empresas e instituições locais podem associar-se a este movimento contra as mudanças climáticas, convida a autarquia na sua página oficial.

Recorde-se que a “Hora do Planeta” é uma iniciativa promovida pela WWF (World Wildlife Fund), a maior organização global independente de conservação da natureza, tendo já sido designada como a maior campanha pelo planeta com a participação de 180 países e territórios.

Em Portugal, a ação simbólica conta com o apoio da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP) e visa a consciencialização dos cidadãos para a mudança de hábitos e comportamentos relativos às alterações climáticas, tornando o planeta mais sustentável.

Para mais informações pode consultar o website www.wwf.pt.

loading...
Share.

Deixe Comentário