O Museu de Arte Contemporânea Nadir Afonso (MACNA), em colaboração com a Fundação de Serralves, apresenta um programa paralelo, constituído por três sessões com abordagem em diferentes perspetivas, sobre a obra “Paula Rego: O grito da imaginação”.

O trabalho de Paula Rego caracteriza-se por uma obsessiva abordagem aos aspetos mais sombrios, profundos e ambíguos das relações humanas e das articulações entre o indivíduo e o coletivo. A pintora explora temas como o poder e a obediência, a dor física e psicológica, a vergonha e o orgulho, a violência, a solidão e a sociabilidade.

As sessões decorrerão no Auditório do MACNA, sempre aos sábados pelas 16h. Dia 19 de setembro, a sessão orientada por Ana Gabriela Macedo, apresenta o tema “Paula Rego. Segredos e Histórias ou ‘como dar uma face ao medo’”. Dia 3 de outubro, Emília Ferreira vai abordar “O Elogio da Inquietação” e dia 17 de outubro, Catarina Alfaro apresenta “Paula Rego: histórias & segredos. Imaginação e memória”, com exibição posterior do filme Paula Rego: histórias e segredos, de Nick Willing (2016).

As apresentações serão limitadas à lotação do espaço, de acordo com as normas definidas pela Direção-Geral de Saúde, e estão sujeitas a inscrição prévia, que pode ser efetuada via e-mail mac.nadirafonso@chaves.pt ou pelo telefone 276 009 137.

A inscrição encontra-se sujeita ao tarifário em vigor, podendo ser consultado em https://macna.chaves.pt/pages/572

loading...
Share.

Deixe Comentário