A exposição “Percursos” do artista Miguel Moreira e Silva é inaugurada esta sexta-feira, dia 19, na sede do Ecomuseu de Barroso, em Montalegre.

Desde a década de 90 que Miguel Moreira e Silva se dedica à atividade artística, movimentando-se “entre a pintura e a escultura, explorando, ao longo do seu percurso, uma grande diversidade de materiais e técnicas, como a gravura e, mais recentemente, a assemblage”, técnica que permite ao autor, natural de Alenquer, “explorar o ecletismo, a contradição e o conflito dos elementos que a incorporam traduzindo uma atitude livre de categorizações”.

As máscaras também fazem parte das suas coleções, “derivando de um imaginário fantástico” e é através da “sua reinterpretação da cultura transmontana e rituais pagãos ancestrais que as suas máscaras mais se singularizam, fundindo influências várias desde a estética maori, à japonesa Hannya”. Os trabalhos podem ser apreciados até 23 agosto.

 

loading...
Share.

Deixe Comentário