Chaves vai receber amanhã, dia 10, no pavilhão Expoflávia, a 10ª edição da exposição Bienal Internacional de Gravura do Douro, no âmbito do programa “Chaves Vive o Verão 2020”.  

A Bienal Douro conta com a participação de 625 artistas, provenientes de 64 países, várias conferências e oficinas, e com a exposição de 1300 obras em 10 localidades do norte de Portugal.

Alicerçada no Douro, a mais antiga região vinícola demarcada do mundo, vangloriada por dois patrimónios da humanidade atribuídos pela UNESCO e mundialmente reconhecidos quer pela sua paisagem vinhateira, quer pelo património arqueológico do Vale do Côa, esta Bienal, única de obra gráfica, representa as renovadas tendências da gravura digital e dos novos media, e a gravura tradicional.

Esta edição do Festival de Gravura do Douro, da curadoria de Nuno Canelas, contará ainda com uma homenagem ao artista plástico Silvestre Pestana.

A exposição estará patente até ao dia 31 de outubro.

As características deste evento serão adaptadas no sentido de se cumprirem integralmente as normas da DGS e todas as recomendações aplicáveis.

loading...
Share.

Deixe Comentário