Realizou-se entre os dias 1 e 5 de fevereiro a XVIII edição do Salão Internacional de Turismo Gastronómico, mais conhecido por Xantar. O evento foi realizado na Expourense.

Durante os cinco dias do evento, no espaço da Feira estiveram 232 expositores de vários paises, 15 restaurantes, 21 menus, vários workshops de showcooking, entre outras atividades.

“Xantar 2017” teve como objetivo fomentar o turismo de proximidade através da gastronomia. Entre quarta-feira e domingo decorreram muitas atividades cujo fim foi o de estreitar as relações transfronteiriças entre Espanha, mais precisamente a Galiza, e Portugal, e também as relações ibero-americanas, com o Panamá como país protagonista deste Salão Gastronómico. Nicole Marciaq, coordenadora de Feiras Internacionais da Autoridade de Turismo do Panamá, explicou o processo que levou o Panamá a ser o país convidado deste “Xantar 2017”: “A ideia chegou até mim através do Clube Gastronómico do Panamá. Chegaram ao escritório a dizer que tinham sido contatados para que o Panamá fosse o país convidado desta Feira. O Sr. Alejandro Rubin [diretor geral da Expourense]esteve sempre em contato connosco. Durante o processo de organização esteve sempre presente e a assegurar-se de que tudo funcionaria como deve funcionar. E a verdade é que é uma honra estar aqui como país convidado nesta Feira que está muito bem organizada e que é muito bonita”. Os representantes deste país da América Central levaram até Ourense a melhor comida, o melhor chocolate e a melhor música que se faz no Panamá.

No domingo, último dia do “Xantar 2017”, o dia foi dedicado a várias localidades galegas e ao arquipélago dos Açores.
Os concelhos do Alto Tâmega fizeram questão de estar presentes nesta iniciativa promovendo a região e o que de melhor existe em cada um dos municípios. João Neves, vereador do turismo da Câmara Municipal de Chaves, esteve encarregue de fazer a divulgação da Rota Termal e da Água, iniciativa organizada no âmbito da Eurocidade Chaves-Verín. “Não é o primeiro ano que venho aqui, é já o terceiro. Em Chaves temos de apostar no turismo, precisamos de instalações que sejam capazes de responder a um evento desta natureza. Isto traz muita gente”, afirmou o vereador.

Pela XVIII edição do “Xantar” passaram cerca de 24 mil pessoas, neste que é o único evento em Espanha especializado em turismo gastronómico e com a denominação de Feira Internacional.

Maura Teixeira

Share.

Deixe Comentário