O cenário não poderia ser melhor para dar a conhecer um dos objetivos da recém-criada incubadora de empresas em Vila Pouca de Aguiar.

É no parque florestal que funciona a incubadora de empresas “Forest Innovation Center” gerida pela Associação Empresarial do Corgo em parceria com a autarquia.

A FIC tem por finalidade “apoiar empreendedores no processo de desenvolvimento sustentado de ideias de negócio, de empresas e contribuir para a valorização da floresta e dos seus produtos” no concelho aguiarense.

Além deste objetivo, a AECorgo acrescenta a importância de uma “captura sustentável de valor da natureza, através do apoio à instalação de novas empresas, dando-lhes condições técnicas e físicas” e, assume, o acesso privilegiado a um conjunto de entidades parceiras proporcionando a inserção num contexto empresarial.

Atualmente, já há duas empresas incubadas e ali ainda funciona um curso profissional e um projeto cívico ligado ao associativismo.

A incubadora é constituída por quatro gabinetes, uma ampla sala de trabalho em open space, salas de reuniões e formações, áreas de convívio, entre outras infraestruturas.

Redação/CM Vila Pouca de Aguiar

 

 

Share.

Deixe Comentário