No passado dia 06-08-2017, Fornos do Pinhal e a sua população foi brindada com uma monografia intitulada Fornos do Pinhal- Valpaços: História e Tradições, da autoria do Investigador Jorge José Alves Ferreira, natural da Dorna, concelho de Chaves.

O evento decorreu no espaço da Junta de Freguesia, que se tornou pequeno para acolher os filhos da terra e os forasteiros que quiseram estar presentes no lançamento do livro, na promoção da cultura em geral e em particular na identidade das gentes deste lugar.
O autor, mesmo não sendo do concelho de Valpaços, durante o tempo que durou a investigação, adotou-o como sendo seu, para levar a cabo um trabalho de reconhecida qualidade e cientificidade que espelham as memórias e as tradições desta freguesia e deste concelho.
Estiveram presentes, o Senhor presidente da Câmara de Valpaços, o presidente da Junta de Fornos, o presidente da Junta de Santa Valha, bem como a Senhora vereadora da Cultura, muitos familiares, amigos e leitores que quiseram homenagear o autor, mas acima de tudo valorizar a cultura.
O autor destaca no seu livro entre outras coisas, a riqueza e diversidade das culturas existentes, as famílias nobres e os vestígios do passado que perduram até hoje. Dos homens guerreiros que participaram em várias guerras, dos ofícios, que eram muitos, dos divertimentos, onde se destacam as “mouriscadas” que se traduzem em ações teatralizadas e eventos de cariz militar onde se simulavam combates entre fações rivais e entre o bem e o mal.
Durante o evento o Senhor presidente da Câmara realçou o seu gosto pela História e deixou patente o desejo de ver o maior número de freguesias monografadas, valorizando e reiterando que o Homem não vive só de “cimento”, mas também de cultura, desporto e lazer.
Nesta tarde quente de agosto, Fornos do Pinhal, viveu um dia diferente, um dia em que viram ou reviram a sua aldeia retratada num livro, trazendo à sua memória, retalhos da vida nem sempre fácil, do trabalho árduo de sol a sol para daí retirar o sustento da família.
O autor faz um paralelismo da aldeia de Fornos de muitos anos atrás e de hoje, realçando o melhor que a aldeia tem, o lindo jardim bem cuidado do centro da aldeia, um espaço de memórias do quotidiano, nomeadamente do setor primário, o brio com que as pessoas cuidam das capelas/igreja, do sistema de saneamento, do casario, da escola, …
No final do lançamento do livro, o senhor presidente da Junta e seus colaboradores, ofereceram a todos os presentes um lanche com produtos da terra, onde o rei foi o folar.
As pessoas, com o livro debaixo do braço ou já a ler, aparentemente felizes foram abandonando o local mais ricas do que quando entraram.
Caro leitor, visite esta aldeia, leia este livro, valorize o que é nosso e ficará decerto também mais rico.

Maria Amélia do Canto Alves

Share.

Deixe Comentário