Nuno Almeida foi segundo em Master 40, Luís Monteiro segundo em Master 45 e António Melo terceiro em juniores na primeira etapa da Taça Regional de Maratonas.

Tal como em 2016, a primeira prova da taça regional XCM da Associação de Ciclismo de Vila Real, decorreu em Vila Pouca, no passado domingo, dia 12 de março com o 3º BTT CTM Vila Pouca de Aguiar.

A organização disponibilizou três percursos com de 33, 49 e 78 km de extensão, designados de passeio, meia-maratona e maratona, que à semelhança da edição anterior voltaram a ter um grau de exigência muito elevado, devido ao acentuado desnível dos traçados selecionados.

O Team BTT Clube de Chaves, apesar de desfalcado de três atletas que rumaram para outra equipa flaviense, voltou a estar em muito bom nível, tendo três dos seus atletas obtido outros tantos troféus, em virtude da obtenção de lugares de destaque nos escalões em que participaram.

Na Maratona, Nuno Almeida regressou à participação na prova rainha, tendo exibido uma das melhores prestações do dia, ao ter obtido o segundo lugar no escalão de M40, enquanto que Luís Monteiro, obteve igualmente o segundo lugar, desta feita em M45. João Luís Ferreira, também em M45 obteve o 4º melhor registo.

Na Meia-maratona, destaque para o terceiro lugar obtido por António Melo em Juniores; o 12º posto de Pedro Monteiro num dos escalões com maior número de participantes; os 12º e 13ºs lugares obtidos, respetivamente por Miguel Ferreira e Jorge Silva em M40; a fantástica estreia de Samuel Cepeda com a cores do Clube, ao obter o 6º posto em M45; o 8º lugar de José Silva em M50 e o 13º de Cunha Ferreira em M55, apesar de estar em fase de recuperação de uma lesão contraída.

O tão aguardado regresso de Gislene Guzzo à competição não correu da melhor forma, pois uma avaria na bicicleta impediu-a de concluir a prova.

Pedro Monteiro e Luís Monteiro referiram que “o comportamento evidenciado por todos, antes, durante e após a atividade, perspetiva uma época onde a capacidade individual e coletiva, o respeito pelo adversário e a humildade, se destacarão como os fatores mais importantes para tornar este, um dos melhores grupos de atletas em representação desta equipa ao longo dos já muitos anos da sua existência”.

Share.

Deixe Comentário