A instalação da cultura da amêndoa na região esteve em análise em Valpaços com o Seminário Amendoeira – Produção e Valorização, uma iniciativa que visa valorizar e incrementar a cultura da amêndoa na região.

Na passada sexta-feira, dia 16, o auditório do Pavilhão Multiusos de Valpaços foi palco do Seminário Amendoeira – Produção e Valorização, num projeto que une organizações do setor e instituições do ensino superior no sentido de cooperar na inovação e implementar estratégias que contribuam para o aumento da produtividade da amendoeira na região.

A organização pertenceu ao Centro Nacional de Competências dos Frutos Secos e contou com o apoio do município de Valpaços, Cooperativa Agrícola de Valpaços e ARATM – Associação Regional de Agricultores das Terras de Montenegro.

A cooperação visa produzir conhecimento, estudar a cultura na região, apoiar produtores e incentivar o investimento na produção rentabilizando as potencialidades das terras transmontanas para esta cultura.
Na sessão de abertura, o vice-presidente da Câmara de Valpaços, António Medeiros, referiu que “o setor da amêndoa está em expansão no concelho”, pelo que “são sempre bem-vindas iniciativas no sentido de esclarecer e debater para melhor rentabilidade no setor”.

Quase duas centenas de pessoas entre investigadores, agricultores e representantes do setor falaram sobre questões relacionadas com a rega, gestão dos solos e fertilização, variedades tradicionais e características organolépticas. Com este trabalho espera-se contribuir para apoiar e esclarecer agricultores e técnicos do setor, promovendo o aumento da produtividade e a qualidade da produção.

O Seminário Amendoeira – Produção e Valorização contou também com uma componente prática com a visita a um amendoal do concelho, onde os participantes puderam observar no terreno algumas das questões abordadas durante o seminário.

Redação/CM Valpaços

Share.

Deixe Comentário