Realizou-se no dia 10 de abril, no edifício dos Paços do Concelho, uma reunião da Comissão Alargada da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Boticas.

Dentro dos vários assuntos apresentados e discutidos, destacam-se a Avaliação da Informação Processual e a Análise das Atividades do Plano de Ação 2017, onde foram apresentadas as iniciativas desenvolvidas pela CPCJ de Boticas nomeadamente no âmbito do “Mês da Prevenção dos Maus-Tratos na Infância”, que decorre durante todo o mês de abril.

Foi ainda entregue a todos os membros presentes na reunião um laço azul com informação relativa à ação e à história do laço. Para além disso, constatou-se que a rede social Facebook continua a ser um importante meio de divulgação de informação e de atividades.

Outro dos assuntos abordados, proposto pela Comissão Nacional, foi a Estratégia Nacional para a Aplicação dos Direitos da Criança, que merece uma análise e reflexão conjunta entre todas as CPCJ’s nacionais sobre as cinco prioridades previamente definidas.

A reunião contou com a presença dos representantes da Comissão Alargada da CPCJ local, do município, da Assembleia Municipal, do Agrupamento de Escolas Gomes Monteiro, da Associação de Pais e Encarregados de Educação do Agrupamento Escolar e do Centro de Saúde local.

A convite da presidente da CPCJ de Boticas, a vereadora Maria do Céu Fernandes, esteve também presente o procurador da República dos Serviços do Ministério Público, José Carlos Florindo.

Redação/CM Boticas

 

Share.

Deixe Comentário