Entre os dias 23 e 24 de maio, o Agrupamento de Escolas Dr. António Granjo recebeu o escritor/ilustrador Pedro Soromenho, com sessões dirigidas a todos os alunos do 1º Ciclo e da UAEM (Unidade de Apoio à Multidificiência) da EB2 Dr. Francisco G. Carneiro.

Mais uma vez, a sua presença trouxe a alunos e professores um desdobrar de encanto que impregnou de magia e sonho o espaço do auditório.
Todos os olhares eram de criança, enquanto assistíamos à dramatização e ilustração das obras “Porque é que os animais não conduzem?”, “A Cidade que queria viver no campo”, “A fuga da ervilha”, “O palhaço avaria”, entre outras.
Sentimos a naturalidade com que o autor transforma o ato de ler numa simbiose perfeita entre a aprendizagem e diversão, conseguindo torná-las companheiras inseparáveis.
A par da magia com que ia polvilhando a dramatização e ilustração das suas histórias, trazia à audiência a poesia da vida, partilhando pequenos/grandes sonhos da infância que o levaram, em boa hora, a desistir de uma carreira de economia em prol da escrita e da ilustração.
Com um olhar de menino travesso e um sorriso a iluminar-lhe o rosto, incentivou a audiência de miúdos e graúdos a prosseguirem, sem tréguas, os seus sonhos.
Abraçar sonhos conduz-nos, inevitavelmente, numa viagem pela rota da felicidade que só tem como objetivo final atracar em bom porto. Que o diga o escritor e ilustrador Pedro Soromenho que, em 2017, no âmbito da iniciativa nacional “Miúdos a Votos: Qual o livro mais fixe?”, viu a sua obra, Porque é que os Animais não Conduzem? entre os mais votados pelos alunos do primeiro ciclo.
No final, da ilustração e autógrafo que trouxemos como recordação do encontro com o escritor/ilustrador Pedro Soromenho, espreitava uma nesga de céu.
Bem-haja pelo que acrescentou à vida de todos nós!

A equipa da biblioteca escolar

loading...
Share.

Deixe Comentário