A Guarda Nacional Republicana realiza até dia 31 de outubro, em todo o território nacional, um conjunto de ações de sensibilização direcionadas aos idosos, com o objetivo de os sensibilizar para a adoção de procedimentos de segurança, no sentido de não serem vítimas de crimes, em particular de situações de violência, burlas, furtos e roubos.

Durante a operação serão empenhados militares das Secções de Programas Especiais e dos postos territoriais, que irão contactar pessoalmente o maior número de idosos, quer nas residências, quer em locais onde seja possível a sua concentração, nomeadamente em centros de dia, lares, misericórdias, igrejas e em diversas entidades de saúde.
No passado mês de março decorreu em todo o território nacional a “Operação Censos Sénior”, uma operação que teve como objetivo atualizar o registo dos idosos que vivem sozinhos e/ou isolados, identificar novas situações e informar as entidades competentes das situações de potencial perigo, onde foram sinalizados 45 516 idosos dos quais:
– 28 279 vivem sozinhos;
– 5 124 vivem isolados;
– 3 521 vivem sozinhos e isolados;
– 8 592 não enquadrados nas situações anteriores, mas em situação de vulnerabilidade fruto de limitações físicas e/ou psicológicas.
No passado dia 4 de outubro, decorreu uma ação de sensibilização conjunta com o Serviço Nacional de Saúde (SNS), no Centro de Contacto do SNS – Serviços Partilhados do Ministério da Saúde, em Lisboa, que teve como objetivo sensibilizar os idosos para esta temática.

Share.

Deixe Comentário