Flavienses viraram o jogo e garantiram lugar no nacional. Vontade e empenho transmontano deu ainda para a goleada.

No jogo decisivo da fase de manutenção do nacional de iniciados, o Chaves estava obrigado a ganhar para se manter no escalão, e no final da jornada confirmou-se isso mesmo com a vitória do concorrente direto.
O jogo nem começou da melhor forma frente ao Palmeiras, equipa ligada ao SC Braga com jogadores da formação bracarense. Os visitantes aproveitaram uma bola perdida para inaugurarem o marcador.
A equipa às ordens de Paulo Soares passou a mandar no encontro, apertou com o adversário, e foi mesmo na raça, ao pressionar alto e ao ganhar bolas já perto da área, que virou o encontro ainda antes do intervalo.
Primeiro Lage trabalhou bem e ofereceu o golo a Portal, e depois Diogo Simão, numa bola parada, fez a reviravolta.
Se tinham acabado bem, os flavienses começaram ainda melhor, ao marcarem num livre irrepreensível de Lage. Sem tirar o pé do acelerador, Portal em jogada individual fez o 4-1.
Era a festa da formação flaviense, que ainda viu o Palmeiras reduzir para o 4-2, antes do 5-2 final alcançado por Lage, e no final jogadores, staff e adeptos festejaram a permanência.

Diogo Caldas

loading...
Share.

Deixe Comentário