Autarca de Vila Pouca de Aguiar quer ajudar a eliminar as listas de espera no Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro. No concelho existem 1650 utentes à espera de uma consulta.

As consultas de urologia, mais de dois anos e meio (951 dias), e cirurgia vascular, mais de dois anos (787), são as especialidades em que os aguiarenses ficam mais tempo à espera, adianta a autarquia. Seguem-se as especialidades de ortopedia (385), dermatologia (369), oftalmologia (344), pneumologia (318), dor (294), reumatologia (212), neurologia (179) e fisiatria (170).
O presidente do município aguiarense, Alberto Machado, já fez saber ao ministro da Saúde e ao Conselho de Administração do Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro de que está disponível para “ser parceiro na resolução” deste problema.
O autarca sublinha que a eliminação das listas de espera deve ser a principal prioridade no distrito de Vila Real e que as pessoas mais afetadas são as que têm maiores carências económicas e sociais.
O autarca refere ainda que aguarda com expetativa a transferência de atribuições e competências na área da saúde, que vê como positiva no sentido de uma maior e melhor prestação de cuidados de saúde à população.

loading...
Share.

Deixe Comentário