O dia internacional da proteção civil foi assinalado no quartel dos bombeiros voluntários de Montalegre. Para além da corporação local, marcaram presença os bombeiros de Salto e uma equipa de primeira intervenção de busca e resgate da 5.ª companhia dos GIPS (Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro) da Guarda Nacional Republicana (GNR). Uma tarde composta por várias simulações, exibição de material de combate e que foi iniciada pela entrega de diversos diplomas a vários elementos que fizeram formação. A tudo isto assistiu o presidente da autarquia de Montalegre, Orlando Alves, que não escondeu o agrado pelo que ouviu e observou.

O Dia Mundial da Proteção Civil, ou Dia Internacional da Proteção Civil, é uma data global instituída pela Organização Internacional de Proteção Civil (OIPC). Foi escolhido o dia 1 de março já que foi neste dia que entrou em vigor a Constituição desta organização. O objetivo do dia é chamar a atenção dos vários países do Mundo para a importância da proteção civil, nomeadamente para a prevenção e para a coordenação de esforços em caso de emergência e calamidade. A proteção civil surgiu em 1949 no protocolo 1 do Tratado de Genebra «Proteção das vítimas dos conflitos internacionais armados», definindo-se como um sistema nacional de gestão dos serviços de emergência que proporciona assistência e proteção a toda a população perante um desastre ou acidente.

Proteção Civil em Portugal

Em Portugal comemora-se a data oficialmente como Dia da Proteção Civil, no mesmo dia 1 de março, sendo uma efeméride criada pelo Despacho 6915/2008 de 21 de fevereiro do Ministro da Administração Interna. A coordenação das comemorações do Dia da Proteção Civil está a cargo da Autoridade Nacional de Proteção Civil e de outras entidades com agentes do sistema nacional de proteção civil. Organizam-se habitualmente simulações, exposições, ações de sensibilização e outras iniciativas que tentam informar e integrar a população em geral na proteção civil.

Share.

Deixe Comentário