No passado dia 10 de maio, foram realizadas duas largadas de parasitóide Torymus sinensis, em Salvador e Bragadas, conselho de Ribeira de Pena, com o intuito de controlar a vespa das galhas do castanheiro.

De acordo com o município ribeirapenense, este inseto compromete o crescimento dos ramos e, por consequência, a viabilidade da árvore. O parasitóide largado no passado dia 10 alimenta-se das larvas da vespa do castanheiro, sendo um combate a esta praga amigo do ambiente.

Estas ações estão a ser desenvolvidas pela Câmara Municipal de Ribeira de Pena, em parceira com a Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte, a RefCast, as Juntas de Freguesia do concelho, a Associação Florestal de Ribeira de Pena e o Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas.

 

loading...
Share.

Deixe Comentário